Aqui ou Algum Lugar em novo formato!

Finalmente chegou o grande dia! Aqui ou Algum Lugar está agora com novo visual e em novo servidor!

O endereço continua o mesmo: www.aquioualgumlugar.com.br, com muitas reflexões de cotidiano, turismo de cotidiano e, como não podia deixar de ser, o registro do sabático realizado em 2012. Visita lá o novo site!!!

 

A migração dos emails cadastrados e seguidores pelo wordpress está sendo realizada para, em breve, todos receberem as novidades por email. Mas, se preferir, cadastre seu email novamente para seguir o blog no novo servidor.

Você também pode seguir Aqui ou Algum Lugar no Facebook ou pelo Twitter.

Seja bem-vindo novamente!

Aqui ou Algum Lugar

 

 

 

 

 

Aqui ou Algum Lugar

Mudar, criar, renovar… Em breve novidades!

Sabe aquela sensação quando você sente o cheiro da torta ficando pronta dentro do fogão? Ou então o friozinho na barriga quando o avião vai decolar para uma viagem bastante desejada? Ou quando você acorda alguns minutos antes do despertador porque tem um compromisso importante logo pela manhã? Ou quando vai mudar de casa, a sensação de separar as coisas nas caixas? Situações de misto de expectativa e ansiedade.

Aqui ou Algum Lugar está completando 2 anos! Começou para registrar a experiência de um sabático, mas acabou virando um mix de reflexões de cotidiano, comportamento e cultura.

Agora chegou o momento de mudar, tomar outra forma, dispor de outra maneira. De criar novas possibilidades de conteúdo e de troca. De renovar e transformar. Em breve, teremos novidades!

 

Enquanto isso, que tal relembrar o primeiro texto do Blog! 😉

Aqui ou Algum Lugar.

As alas estão abertas, é só passar!

 

Foto: Monica Silveira/ SPTuris, Fonte: SPTuris

Foto: Monica Silveira/ SPTuris, Fonte: SPTuris

Logo no início da semana já se viam as contagens regressivas para o Carnaval. Falta pouco para começar a folia… Hum, espera um pouco, para começar?! Em São Paulo, ela já teve início há algumas semanas, com a crescente adesão de cidadãos da maior cidade do País aos blocos de ruas e à volta das típicas comemorações carnavalescas. No resgate de tradições, as comemorações carnavalescas da cidade têm aumentado a cada ano. Claro, é evidente que há uma grande concentração de blocos pré e pós-carnaval, para aqueles que querem aproveitar a festa, mas que não dispensam uma praia durante o feriadão.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

Desculpe, não era bem o que eu queria dizer.

????????

“Absolutamente não foi essa a minha intenção”. “Não medi o quão humilhante e opressora poderia ser essa atitude”. “Não defendi isso, defendi aquilo”. “É a liberdade de expressão”. “Sinto muito se ofendi alguém ao usar ‘tal expressão’”, “Peço desculpas se deu às pessoas a impressão errada”. Frases bastante corriqueiras na vida em sociedade, afinal, muitas vezes, só nos damos conta do ‘estrago’ das palavras e ações depois que as consequências acontecem.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

Desinformação e despreparo aumenta a confusão.

A visão de quem estava na situação da parada ontem na linha vermelha do metrô em São Paulo.

Estação Bresser-Mooca às 20h45 da terça-feira, 04 de fevereiro de 2014

Estação Bresser-Mooca às 20h45 da terça-feira, 04 de fevereiro de 2014

Já era começo da noite quando resolvi voltar para casa, apesar da claridade do pôr-do-sol às 19h20 nesse verão intenso. Depois de uma reunião produtiva na Zona Leste de São Paulo, me dirigi até o metrô para voltar à Zona Oeste da capital paulista onde moro. Ingênua, como uma das maiores defensoras do metrô e adepta convicta do transporte público, até elogiei em voz alta para alguns amigos a linha amarela, que deixou este trajeto bem mais rápido e simples, ainda que seja um absurdo não estar pronta por completo. Naquele horário, no fluxo contrário do movimento mais intenso, certamente chegaria em casa rapidamente. Só que não!

Continuar lendo

Etiquetado , , , ,

Se a gente parar de atrapalhar, a natureza se recupera.

Buraco das Araras, Jardim (MS)

Buraco das Araras, Jardim (MS)

“Hoje é vandalismo, em milhares de anos será uma pintura rupestre prova dos hábitos da civilização humana de uma época”, a brincadeira irônica do guia do Buraco das Araras, em Jardim no Mato Grosso do Sul ficou registrada na minha memória, dando origem a diversos devaneios e reflexões sobre a humanidade, nossa influência no meio e, principalmente, a fascinante capacidade da natureza de se recuperar.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

Avenida Paulista de todos os paulistanos, e brasileiros, e estrangeiros, ah, de todo mundo!

Para celebrar o aniversário de Sampa, vale relembrar o post sobre a mais paulista das avenidas, símbolo paulistano! Feliz aniversário São Paulo!

Aqui ou Algum Lugar

“Por que todo paulistano gosta da Avenida Paulista?” Quando ouvi a pergunta de um sul-mato-grossense, enquanto caminhávamos por ela passando pelo Conjunto Nacional em direção ao Parque Trianon, a resposta foi praticamente automática: é um símbolo máximo de São Paulo. “É linda, mas é apenas uma rua cheia de prédios…”, afirmou, ainda em tom de questionamento. Não, não é apenas pela via larga e os arranha-céus característicos num ponto alto da cidade. A Avenida Paulista é esta representação de tudo o que está ao redor dela, a vida pulsante da cidade que não dorme nunca – se bem que eu bem me lembro de um domingo de madrugada que passei de carro pela avenida totalmente vazia e tive que aguentar a pergunta de amigos de fora de São Paulo sobre onde estavam as pessoas da cidade que não dorme nunca…

Ver o post original 431 mais palavras

Aventura pantaneira, alma brasileira

Pantanal, Mato Grosso do Sul (Foto: Luiz Guilherme Rodrigues Ferreira)

Pantanal, Mato Grosso do Sul (Foto: Luiz Guilherme Rodrigues Ferreira)

Visitar o Pantanal! Mais um dos grandes sonhos dessa alma viajante e item obrigatório para entender bem mais sobre as dimensões e pluralidade que formam o nosso Brasil. Paisagem rica em fauna e flora, típica de um universo interiorano e natural de uma das áreas mais preservadas do país. Uma junção de vida de fazenda e natureza selvagem. No momento em que me vi numa canoa, no meio do corixo (braço de rio), inebriada pelo visual composto por jacarés, plantas, uma família de queixadas e um casal de araras voando ao fundo, tive a sensação de ter encontrado a imagem que há anos faz parte do meu imaginário paulistano sobre a região. Só faltou o tuiuiú, ave símbolo do Pantanal, para complementar o cenário, mas já tinha visto alguns durante os dias em que estive por lá.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , ,

As atrações de um lugar você é quem faz.

Pedro Gomes, MS

Pedro Gomes, MS

A melhor cidade para visitar é aquela que tem o que você gosta, ou quem você gosta! E toda cidade pode te reservar momentos especiais e surpreendentes. Para muitos, e em tantos lugares, pode surgir sempre a pergunta sobre os motivos de uma visita a determinada cidade, e principalmente, o que te leva a se encantar ou gostar de um lugar.

Visitar a família, rever pessoas queridas, conhecer lugares inexplorados, descobrir paisagens raras, vivenciar a simplicidade necessária e tão fora de moda nos grandes centros urbanos. O sorvete no meio da noite na praça iluminada, com a decoração de natal (tudo bem, ainda era final de dezembro, podia!), em meio às lembranças do dia que havia reservado o arco-íris ao alcance da mão, mostrando que o pote de ouro está no fato de viver o momento presente em plenitude, por sorte, envolto por águas cristalinas de uma cachoeira e pessoas queridas.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , ,

Um giro pelo Mato Grosso DO SUL

DSC00033

De paisagem pantaneira a flutuação em rios de muito peixe, passando por uma comida caseira de fazenda, pescarias e muito tereré. Acolhendo dois importantes biomas do Brasil, o Cerrado e o Pantanal, o estado do Mato Grosso DO SUL reserva boas surpresas e dias inesquecíveis. Isso mesmo, pode colocar bastante ênfase no “do Sul”, isso vai angariar a simpatia dos sul-mato-grossenses que ficam, com razão, bem incomodados com o desconhecimento de geografia de muitos brasileiros. Já rendeu muitas vaias, para políticos, músicos e artistas que vão se apresentar no estado e esquecem o importantíssimo “do sul” ou ousam respirar antes de terminar o nome do estado.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , ,